LIV é o Projeto de Vida no Ensino Médio

Como implementar o ‘Projeto de Vida’ no Novo Ensino Médio, com o LIV?

25 de março de 2022

Entenda os reflexos do Ensino Médio na formação dos jovens e como a escola pode contribuir para seu desenvolvimento socioemocional

***

Um dos temas mais comentados nas escolas atualmente é a transição para um novo formato de Ensino Médio, que vai acontecer entre 2022 e 2024. Além da reorganização curricular, essa mudança nacional prevê também a inserção de um espaço na rotina escolar dedicado a desenvolver o projeto de vida dos estudantes.

E se você já conhece o pilar de desenvolvimento socioemocional do programa LIV, sabe que o Projeto de Vida tem reflexos diretos na formação integral dos jovens – algo previsto na Base Nacional Comum Curricular e que o LIV já vem abordando nos últimos anos. A seguir, saiba mais sobre o projeto de vida e sobre uma proposta que visa incentivá-lo no Ensino Médio.

Ensino Médio: um mergulho no Projeto de Vida

O conceito de Projeto de Vida tem sido palco de diversas discussões em campos de estudo como o da Psicologia e o da Educação, em nível nacional e internacional. Segundo pesquisa da doutora em psicologia Ivany Nascimento, da Universidade Federal do Pará, o Projeto de Vida contempla as aspirações, os desejos de realizações que pretendemos alcançar. 

Esse processo, contudo, não é apenas individual, isto é, essas aspirações são influenciadas pelas relações da pessoa com o mundo, ou seja, são modificadas ao longo dos anos. Já parou para pensar quantas vezes já mudamos nossos interesses e caminhos durante nossas vidas? 

Projetar a vida vai muito além de traçar metas e cumprir tarefas, pois envolve sonhos, expectativas (próprias, familiares e do mundo), cobranças, oportunidades, entre outras questões, como: 

Como pensar sobre identidade, ou seja, sobre “quem sou” ou “quem quero ser”, sem autoconhecimento? E como se conhecer sem levar em consideração os sentimentos, as histórias, os relacionamentos e o contexto em que vive? Como tomar decisões sem pensamento crítico? Ou ainda, como atingir metas sem perseverança e criatividade? 

Além desses questionamentos, há ainda um fator relacionado à imprevisibilidade do mundo, o que exige também ser flexível para recalcular a rota. Ou, ainda, saber acolher a frustração e conseguir encontrar novos caminhos que façam sentido. 

Em resumo, construir um Projeto de Vida é um processo gradual e constante, pois, quando adultos, continuamos fazendo e refazendo planos. Por isso, trata-se de desenvolver a capacidade de identificar as próprias potências e os pontos frágeis; reconhecer os desejos; perceber a viabilidade; saber traçar metas e estratégias. Aprender a projetar a vida, portanto, está totalmente entrelaçado com a aprendizagem socioemocional. Continue lendo e confira como o LIV é o Projeto de Vida dos alunos nas escolas!

 

A proposta de educação socioemocional do LIV focada nos jovens do Ensino Médio

Diariamente, recebemos relatos de escolas parceiras destacando os impactos do programa de educação socioemocional do LIV, com grande destaque para a proposta criada para o Ensino Médio.

Um dos motivos é porque o programa foi pensado para ajudar os alunos a buscar informações, a refletir e a trocar ideias com o grupo, repensando tanto as suas escolhas pessoais em um processo de autoconhecimento, quanto às possíveis escolhas profissionais, tornando o processo de decisão mais consciente. 

Com isso, ajuda o jovem na compreensão de que ele é responsável por suas escolhas, ao saber que toda escolha tem consequências e que mesmo a não escolha é também uma escolha. Nas atividades do LIV, os alunos são convidados a percorrer três grandes momentos: Como eu estou? O que me move? Para onde vou? 

O currículo do LIV acredita que as construções de nossos Projetos de Vida são essenciais para que saibamos acolher nossos sentimentos e entender como podemos lidar com eles.

Nesse sentido, tem como base teórica a mentalidade de crescimento desenvolvida por Carol Dweck e parte da premissa de que somos seres em constante transformação. Foram criados conteúdos audiovisuais exclusivos, direcionados para as necessidades de cada fase.

Constantemente, os alunos são provocados a pensar sobre como são feitas as escolhas pessoais e profissionais da nossa vida, com reflexões que permeiam temas como padrão de beleza, amizades, preconceito, família, questões existenciais e profissões, dentre outros.

O material ainda oferece instrumentos práticos e acessíveis para os momentos de urgências próprias dessa época da vida, como técnicas de gestão de tempo e estratégias de manejo de ansiedade, que são tão presentes nas escolas. 

A escolha profissional ganha destaque em “Caminhos”: um roteiro completo com 5 dias de oficinas e materiais audiovisuais, que oferece recursos práticos e totalmente aplicáveis para refletir sobre o tema. Com o desenvolvimento socioemocional trabalhado em sala de aula e o material complementar “Caminhos”, acreditamos que os alunos estarão muito mais amparados para realizar suas escolhas com mais segurança, sentido e responsabilidade.

Confira um resumo sobre a importância de olhar para a educação socioemocional no Ensino Médio e como o LIV atua com nas escolas!

Confira um resumo sobre a importância de olhar para a educação socioemocional no Ensino Médio e como o LIV atua com nas escolas!

Se você quer saber mais sobre a proposta de educação socioemocional do programa LIV para essa etapa de ensino, baixe nosso kit Descomplicando o Novo Ensino Médio, que contém um infográfico explicativo, um e-book aprofundado e um talk show exclusivo!

***

Confira também outros materiais exclusivos:

***

O LIV – Laboratório Inteligência de Vida é o programa de educação socioemocional presente em escolas de todo o Brasil, criando espaços de fala e escuta para ampliar a compreensão de si, do outro e do mundo.

Assine nossa news

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *