Sentir é aprender: um programa de educação socioemocional para toda a comunidade escolar

Sentir é aprender: um programa de educação socioemocional para toda a comunidade escolar

21 de março de 2022

A proposta do programa de educação socioemocional LIV é desenvolver a inteligência emocional e as habilidades socioemocionais em toda a comunidade escolar e pensar o Projeto de Vida dos alunos, desde a Educação Infantil até o Ensino Médio.

Mas o que isso significa na prática e que diferença pode fazer na sua escola? Descubra a seguir!
***

Saúde mental e educação socioemocional: um cenário de urgências

Atualmente, existe um debate urgente nas escolas, apontando não apenas o declínio de alguns conhecimentos curriculares, mas também um aumento de questões relacionadas à saúde mental de estudantes e professores.

A verdade é que já não é mais possível pensar sobre o aprendizado dos alunos sem acompanhar a saúde mental e emocional de todos os envolvidos nesse processo. Os sentimentos e relacionamentos não ficam do lado de fora da escola e basta uma breve olhada nos dados sobre esse tema para ver o quanto sua relevância tem aumentado:

Por que a educação socioemocional é tão importante nas escolas?

O avanço das pesquisas em educação e psicologia nos mostram hoje que a relação entre sentir e aprender é essencial para a escola se adaptar aos novos desafios. A valorização apenas dos conteúdos acadêmicos não é suficiente para atingir as expectativas da sociedade de agora e no futuro.

Entendemos que a forma que sentimos e nos relacionamos com o mundo interfere diretamente no aprendizado. É preciso cuidar das competências socioemocionais em conjunto com os demais saberes.

É pensando nessa importância que o LIV estruturou o seu programa para desenvolver nas escolas a educação emocional, que agora é exigida nas competências gerais do currículo estruturado pela Base Nacional Curricular (BNCC). Englobando habilidades práticas, cognitivas e socioemocionais para um amplo desenvolvimento do estudante, da Educação Infantil ao Ensino Médio.

LIV: um programa de educação socioemocional que se adequa às necessidades de cada escola

Com o programa LIV, o cuidado socioemocional ultrapassa os muros da escola, dedicando momentos estruturados para cuidar do desenvolvimento de toda a comunidade. Afinal, entre garantir o aprendizado dos conteúdos da BNCC e desenvolver as habilidades socioemocionais existe um leque de questões que atualmente estão no arcabouço das escolas e que envolve: 

  • Criar vínculo com os alunos, as famílias e a equipe escolar; 
  • Cuidar da saúde e motivação dos professores; 
  • Preparar emocionalmente os alunos para os desafios da vida;
  • Combater o bullying e o cyberbullying; 
  • Fomentar o respeito à diversidade; 
  • Lidar com os impactos da pandemia; etc.

Por isso, nos preocupamos com os alunos, mas também com os educadores, as famílias da escola e com o impacto que podemos trazer hoje para o mundo. 

A partir deste movimento, auxiliamos na criação e consolidação de um pilar socioemocional que promove, a todos os envolvidos com a escola, uma nova linguagem que tem como centro a reflexão e o questionamento, não existindo respostas “corretas” ou “esperadas”, e sim o debate e a escuta. 

Para chegar nesse formato, o programa tem um amplo embasamento teórico, baseado em referências renomadas nacionais e internacionais, trazendo um olhar amplo e que permite olhar para o desenvolvimento socioemocional de diferentes pontos de vista. Dentre os nomes, consideramos referências como: Ailton Krenak; Bell Hooks; Paulo Freire; Donald Winnicott; Carol Dweck; Howard Gardner; Daniel Goleman; dentre outros.

Educação socioemocional em todas as etapas

A seguir, você pode conhecer o trabalho do LIV por segmentos e conferir também depoimentos de alguns de nossos parceiros sobre cada etapa de ensino:

  • Educação Infantil

Na Educação Infantil, vamos apresentar às crianças um universo novo! Tendo como inspiração a teoria do psicólogo norte-americano Paul Ekman, pioneiro no estudo das emoções e expressões faciais, convidamos os alunos a reconhecer e nomear as emoções básicas: medo, alegria, tristeza e raiva – e adicionamos o amor, que acreditamos ser fundamental quando pensamos nos vínculos afetivos e na construção subjetiva. 

Por meio de histórias desenvolvidas pelo LIV, as crianças são apresentadas a situações comuns vividas em seu dia a dia, gerando identificação com os personagens. Utilizamos músicas exclusivas para engajar os alunos, conectando as emoções com os mais diversos ritmos musicais brasileiros e valorizando nossa cultura por meio de canções como: Valsa da Tristeza, Axé do Amor, Baião da Raiva, entre outras.

“O LIV está em todos os momentos: na mediação, no lanche, em algo que as crianças contam para a gente. Elas estão vivenciando o LIV nesses momentos, tudo o que estudamos, tudo o que conversamos.” – Ana Kelita, professora de escola parceira do LIV.

  • Ensino Fundamental – Anos Iniciais 1º ao 3º ano 

Do 1° ao 3° ano do Ensino Fundamental – Anos Iniciais, temos como foco o conceito de inteligência emocional, descrito pelo psicólogo Daniel Goleman. Além do autoconhecimento, que já começa a ser desenvolvido na Educação Infantil do LIV, trabalhamos, também, três outros importantes pilares da sua teoria: autorregulação, empatia e relacionamento.

Nesse momento, entendemos que os alunos já são capazes de reconhecer e nomear sentimentos mais complexos, como: arrependimento, ciúme, frustração e animação. A inteligência emocional ganha vida com diferentes personagens, em livros criados exclusivamente para as aulas de LIV. Em cada capítulo, os protagonistas passam por situações que se aproximam das vivenciadas pelos alunos, ajudando-os a refletir sobre cada experiência.

“É muito bom fazer parte do programa LIV porque nós vemos o quanto os alunos aproveitam essa oportunidade. Temos grandes momentos com eles, de descoberta, de parar para pensar em coisas importantes que estão dentro de nós. Quantas vezes a gente [como adulto] consegue parar um momento para tratar de coisas que estão com a gente o tempo inteiro?” – Victor Felippe, professor de escola parceira do LIV.

  • Ensino Fundamental – Anos Iniciais 4º e 5º ano 

Acompanhando o momento de transição que os estudantes dessa faixa etária estão vivendo, no 4º e 5º anos trazemos o desenvolvimento das habilidades socioemocionais, como comunicação, criatividade e colaboração, junto ao aprofundamento dos pilares da inteligência emocional. Apostando no engajamento e no protagonismo dos alunos, dividimos as aulas em dois grandes momentos: os projetos e os jogos colaborativos exclusivos. 

As aulas de projeto partem de temas relacionados ao cotidiano dos estudantes, como papéis sociais e direitos das crianças, e dialogam sobre sentimentos, costumes e comportamentos presentes nas suas vivências e em diversas culturas. Já as aulas de jogos foram pensadas para potencializar o engajamento dessa faixa etária. Nelas, convidamos os alunos a iniciar uma aventura intergaláctica e a conhecerem o povo de GAIA, um planeta a muitos anos-luz de distância da Terra.

“Com Gaia e Liga,  temos obtido  um resultado incrível. Essa proposta foi introduzida no ano passado, a ideia é trabalhar no primeiro semestre um projeto social e no segundo semestre os jogos. […] Isso torna as aulas mais lúdicas e dá um direcionamento melhor para o trabalho do professor e enriquece a nossa prática junto com as crianças”. – Zingara Pereira, supervisora pedagógica e professora de escola parceira do LIV. 

  • Ensino Fundamental – Anos Finais 6° ao 9° ano 

Nos Anos Finais do Ensino Fundamental, os estudantes experimentam uma nova forma de estar na escola: mais matérias, mais responsabilidades e mais cobranças. Em paralelo, passam por um momento de muitas transformações: a adolescência. 

Nesse contexto, o desenvolvimento das habilidades socioemocionais se torna indispensável, pois ajuda os alunos a vivenciar novos desafios e facilita a relação interpessoal e intrapessoal. O currículo para essa faixa etária é pautado em seis habilidades: pensamento crítico, perseverança, proatividade, colaboração, comunicação e criatividade. Trabalhamos com temáticas e ferramentas conectadas com a linguagem dos alunos, dividindo as aulas em projetos, dinâmicas e séries audiovisuais exclusivas.

Para o 9° ano, em que o aluno enfrenta o desafio de ingressar no Ensino Médio no ano seguinte, temos o E Agora?, um material com propostas de atividades específicas para auxiliar os alunos nesse momento de transição e na realização de escolhas importantes para o futuro.

“O material do LIV é adequado para a linguagem de cada faixa etária. Por exemplo, a linguagem que os jovens falam está nas séries audiovisuais do LIV. Para nós, é um diferencial.” – Nazareno Oliveira, diretor de escola parceira do LIV.

  • Ensino Médio

No Ensino Médio, o Projeto de Vida, que sempre foi parte do LIV, ganha ainda mais destaque por ser uma obrigatoriedade do Novo Ensino Médio. Projetar a vida vai muito além de traçar metas e cumprir tarefas, pois envolve sonhos, cobranças, oportunidades, reconhecimento de limites, potências e expectativas, sejam elas próprias, de familiares ou do mundo.

Pensando nisso, o currículo foi organizado em três blocos temáticos, um para cada série: Como eu estou?, com foco no autoconhecimento; O que me move?, com a discussão sobre como as temáticas atuais influenciam nas nossas escolhas; e Para onde vou?, que oferece ferramentas para traçar o caminho possível entre como os alunos estão agora e o que desejam para si e para o mundo no futuro.

O LIV utiliza recursos audiovisuais exclusivos, textos e dinâmicas coletivas e individuais, que contemplam os eixos estruturantes exigidos para os itinerários formativos: investigação científica, processos criativos, mediação e intervenção sociocultural ou empreendedorismo. E acrescentamos o eixo emocional, tendo em vista a relevância dessa esfera no processo de aprendizagem e no Projeto de Vida como um todo. E tem mais! A escolha profissional ganha destaque em Caminhos: um roteiro completo com 5 dias de oficinas e materiais audiovisuais.

“Se eu fosse definir o LIV em uma palavra seria: conforto. O conforto que a gente tem estando na sala de aula de LIV é muito grande porque a gente tem abertura para falar com os amigos, com os familiares. O LIV também é sobre você se conhecer e saber o que você está sentindo. Eu acho que isso é muito legal de ter em uma escola.” – Gabriel Gama, aluno LIV do Ensino Médio.

***

Em escolas de todo o Brasil, o programa desenvolve a educação socioemocional compreendendo que não existe aprendizado sem um cuidado especial com os sentimentos da escola.

LIV trabalha com sentimento e entrega afetividade, entrega afeto dentro da sala de aula. É uma ferramenta para transformar a vida dos nossos alunos. Eu acredito que o LIV em 2022 vai ser um espaço de transformação e de reconexão entre alunos, alunas, escola, professores e famílias” – Rodrigo Retka, coordenador de escola parceira do LIV.


O LIV pode construir o pilar socioemocional na sua comunidade escolar, olhando para a saúde mental dos educadores, das famílias e dos alunos! Leve essa proposta para sua escola . Peça o LIV e entraremos em contato com você e sua escola!

***

O LIV – Laboratório Inteligência de Vida é o programa de educação socioemocional presente em escolas de todo o Brasil, criando espaços de fala e escuta para ampliar a compreensão de si, do outro e do mundo.

Assine nossa news

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *