Planejamento e organização para líderes da educação

Planejamento e organização para líderes da educação

18 de janeiro de 2021

Confira uma entrevista em áudio sobre 3 pontos essenciais para o planejamento de líderes da educação!

***

O planejamento no ano letivo é um ponto alto nas atribuições dos líderes da educação. É o momento em que diretores e coordenadores podem refletir sobre a melhor organização para suas comunidades e traçar ações condizentes com as metas de cada escola. Já abordamos essa questão no post “A delicada ideia de fazer planos para 2021”, no qual analisamos o planejamento anual de um ponto de vista mais amplo, considerando questões como frustração e habilidade de lidar com o inesperado, dentro e fora do contexto da educação.

No post de hoje, aprofundaremos essa temática com foco nos gestores e líderes escolares. Para isso, gravamos um áudio especial com Jones Brandão, diretor de educação da Agenda Edu.

A Agenda Edu é uma ferramenta do grupo Eleva Educação que contribui com escolas e famílias na organização da rotina escolar, reunindo as principais informações do dia a dia em um único espaço. E foi com base nessa expertise que Jones conversou com o blog LIV sobre os pontos essenciais para se ter em mente em 2021 no planejamento escolar. 

Você pode ouvir a fala completa do nosso convidado clicando no botão de play do arquivo de áudio a seguir. Após o áudio, você também pode ler alguns destaques dessa conversa:

3 pontos essenciais para o planejamento de líderes da educação

De acordo com o diretor pedagógico da Agenda Edu, atravessar e sair de um cenário de crise significa mais do que manter a estabilidade financeira de uma instituição (como acontece no caso das escolas particulares, por exemplo). Para ele, o momento de pensar sobre o ano anterior e planejar o seguinte envolve também ressignificar práticas e descobrir novas maneiras de ser como escola. 

Nesse sentido, ele destaca três pontos que precisam estar na estratégia dos gestores e que podem funcionar como indicadores para o sucesso do planejamento:

  • Propósito 

Mantenha a equipe unida em torno do propósito da escola, pois, por meio dele e em nome dele, muitas soluções surgirão. “Quando a equipe está apropriada e empoderada de porquê essa escola existe, ela vai navegar respeitando essa história, sendo motivada por esse propósito a criar novos caminhos. Mantenha seu time unido em torno desse propósito”, destaca Jones. 

Nesse sentido, além de definir quais são os propósitos de sua escola, os gestores também devem retomá-los sempre que possível, com reuniões, formações e avaliações de indicadores, por exemplo.

  • Processos

Ter processos desenhados para cada situação recorrente é uma maneira de manter o funcionamento da escola, e também de lidar com imprevistos. Uma analogia destacada por Jones nesse sentido é a cena inicial do filme “Vida de Inseto”, na qual as formigas têm sua rotina interrompida pela queda de uma folha, o que as leva a perder momentaneamente o caminho. É pela atuação de um gestor que as formigas assimilam o acontecimento e retomam o processo:

“Aqui temos um exemplo do valor da liderança presente e dos processos desenhados. É importante as pessoas saberem o que elas precisam fazer, a quem precisam recorrer em determinadas situações”, destaca Jones. Nessa perspectiva, ele ressalta que, embora os processos devam ser perseguidos, a gestão escolar também precisa estar aberta para apoiar e ser apoiada em inovações que possam contribuir para o grupo.

Já para monitorar os indicadores relacionados aos propósitos da escola, ele recomenda implantar o que chama de “Estratégia RPM: Retorno, Presença e Meta”:

“Mantenha sempre vivo nos processos o fato de que todos precisam dar retorno, não deixe no limbo nem quem é de dentro, nem de fora, dê retorno sempre […]. Marque presença em todos os espaços da comunidade escolar, as pessoas precisam perceber que todos estão presentes […]. E, por fim, a meta, as pessoas precisam ter meta para chegar a algum lugar, não adianta dizer ‘vão fazendo e um dia a gente descobre o que está acontecendo’. O ideal é ter metas para a semana, para a quinzena, para o mês, bimestre, semestre, ano […]”.

  • Pessoas   

Um dos principais aspectos que os gestores devem observar no planejamento é o olhar atento para as pessoas que compõem sua comunidade escolar, ressalta Jones. “Mais importante do que chegar a algum lugar, é com quem vamos chegar lá. Esse deve ser o maior bem de um líder. Liderança é influência. Influencie seu time com coragem e resiliência, mas também com a capacidade de ser vulnerável”, afirma.

***

Confira outros conteúdos criados pelo Laboratório Inteligência de Vida (LIV) para os líderes da educação:

INFOGRÁFICO – Líderes na escola: o que fazem bons diretores e diretoras

ENTREVISTA – Liderança e empatia: os desafios da gestão escolar em momentos de crise

E-BOOK – Como o LIV olha para as pessoas?: Caminhos para a escola e a família

LISTA – Educação socioemocional: o que esperar do LIV em 2021

 

Assine nossa news

Confira uma entrevista em áudio sobre planejamento escolar com recomendações para gestores e educadores!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *