O que aprendi com meus filhos? Relatos de famílias LIV

O que aprendi com meus filhos? Relatos de famílias LIV

29 de junho de 2022

Confira depoimentos de famílias que participam do LIV e descubra como essa experiência pode ajudar em todos os momentos!

***

Aprender sobre emoções e sentimentos é algo que a grande maioria dos adultos não teve a oportunidade durante seus anos de vida escolar. Isso porque, tradicionalmente, as escolas não abriam espaço para essa temática durante as aulas e muitos hoje percebem como esse conhecimento faz falta no dia a dia.

Por isso, quando conhecem o LIV – Laboratório Inteligência de Vida de perto, é muito comum que pais, mães e cuidadores relatem experiências nas quais seus próprios filhos e filhas se desenvolvem emocionalmente e os ensinam sobre como lidar com sentimentos e emoções de uma forma diferente.

O mesmo acontece com as habilidades socioemocionais, como comunicação, proatividade, perseverança, pensamento crítico, colaboração e criatividade, dentre outras que são incentivadas nas atividades do programa e preparam os jovens para lidar com os desafios que terão no futuro, seja na faculdade, no mercado de trabalho ou na vida pessoal.

Não podemos controlar o que sentimos, mas podemos aprender o que fazer com nossos sentimentos. E é com esse princípio que o LIV ajuda as crianças a refletir sobre suas emoções. Todo esse conhecimento reverbera na convivência em casa, trazendo relatos emocionantes de aprendizado mesmo nos momentos mais difíceis. Confira a história a seguir que exemplifica um pouco sobre isso:

“Tenho duas filhas, uma de 7 e outra de 11 anos de idade, que têm aulas de LIV na escola. Recentemente, passamos por um momento difícil, pois meu esposo está desempregado desde 2021. Um dia, estávamos na sala de casa conversando sobre ter paciência e não desistir, enquanto elas faziam o dever. Foi quando uma delas disse: ‘Vocês dois deveriam ter aula de LIV, porque vocês ficam bravos um com o outro e no LIV a gente aprende que podemos falar e não brigar’. Ela disse também que sempre se lembra da gente quando tem aula de LIV”.

Manoela Viana, mãe de alunas LIV.

Famílias que aprendem com o LIV

Sabemos que não é fácil ensinar as crianças e adolescentes a conviver em sociedade e desenvolver suas emoções para que possam lidar com os desafios impostos pelo mundo. E quem acompanha uma criança em idade escolar vivencia todos os dias o desafio de precisar prepará-las para um cenário cheio de percalços. Por isso, seja na escola, na rua ou na internet, as famílias precisam estar cada vez mais atentas aos aprendizados sociais e emocionais de seus filhos, sobrinhos e netos.

Mas esse cuidado não precisa ser responsabilidade apenas dos pais, mães e cuidadores. Por isso, no LIV desenvolvemos um programa escolar que trabalha em parceria com as famílias, ajudando-as a dar esse apoio em cada fase da vida.

Nesse sentido, acreditamos que uma boa proposta de educação deve ser feita de forma integral, oferecendo desenvolvimento socioemocional apropriado para cada faixa etária, iniciando na Educação Infantil e atravessando todos os anos escolares. Além disso, precisa oferecer atividades que possam ser realizadas no âmbito familiar e na comunidade, compreendendo todos os espaços de convivência das crianças e dos adolescentes.

Junto às escolas parceiras, o LIV cria pontes, uma linguagem comum e estimula o diálogo com a família. E não é incomum que elas fiquem  impressionadas com a profundidade do que ouvem dos seus filhos com temáticas que aprenderam na aula LIV. Nos relatos, muitas destacam que não esperavam respostas tão amadurecidas e que se orgulham muito ao ver esse desenvolvimento nas crianças.

“Eu tenho um filho, hoje, com 8 anos de idade. Quando ele ainda tinha 4 anos, eu estava dirigindo e falei um pouco ríspida com ele, estava brava por alguma coisa. E no banco de trás ele me disse assim: ‘Mãe, não é assim que se fala com as pessoas’. Naquele momento eu disse: ‘Sim, é verdade, mas quem te ensinou isso?’, e ele respondeu: ‘Foi a professora de LIV. Ela nos ensinou que existem formas de falar com as pessoas e quanto mais a gente consegue estar calmo e passar a informação sem raiva, ou seja, saber lidar com a raiva, é melhor’. Isso me deixou sem chão e eu aprendi com meu filho algo que ele aprendeu na aula de LIV”.

Tatiana Paraguassu, mãe de aluno LIV.

Como o LIV apoia as famílias?

Para oferecer todo esse apoio, o LIV fornece às famílias jogos, livros e indicações de filmes e vídeos, além de outros materiais que vão para casa e que ajudam a ampliar o diálogo entre os adultos, as crianças e os adolescentes. Cada material é criado de forma adequada para a faixa etária, ajudando o adulto a dialogar com o aluno considerando a capacidade de compreensão para sua idade, seja nas turmas de Educação Infantil ou de Ensino Fundamental e Ensino Médio.

Além dos materiais, a equipe do LIV também apoia as famílias com palestras e reuniões com especialistas em comportamento, psicologia, desenvolvimento infantil e saúde mental. Assim, além de dar o apoio em casa, as famílias podem trocar experiências e aprender mais sobre temas complexos da atualidade, como bullying, relações pela internet, suicídio e cuidado emocional na adolescência, e escolhas pessoais, dentre outros.

“Minha filha estudou em um colégio em Araçatuba (SP) e ela teve a oportunidade de ver e vivenciar esse projeto nos Anos Finais do Ensino Fundamental. Foi muito bacana para a experiência dela como pré-adolescente contar com temáticas que a fortaleceram no período da pandemia, muitas questões relacionadas à segurança da internet, cyberbullying e a questão da solidão que foi vivida nesse contexto. Foi fundamental! O apoio da professora também, uma querida que ministrou o projeto, que viveu com ela essa experiência fantástica. Só tenho a agradecer! Tenho o material ainda na minha casa e meus sobrinhos vão em casa e jogam com minha filha vários jogos e inclusive me falam: ‘Nossa, se na nossa época tivesse isso, seria muito legal’. Deixo meu depoimento muito positivo em relação a esse projeto e, para nós, como família, foi muito bacana”.

 Elizabeth, mãe de aluna LIV.

Cada família tem uma história com o LIV

Cada um desses depoimentos citados neste texto diz respeito a situações pessoais vivenciadas pelas famílias, mas ao mesmo tempo exemplificam como as crianças e os adolescentes podem – e merecem – ter a oportunidade de se desenvolver de forma integral, contando com uma escola que se preocupa não apenas com provas ou deveres, mas também com seu desenvolvimento como ser humano.

Para finalizar, convidamos você a refletir sobre qual escola você quer para a sua família. Para ajudar nessa reflexão, recomendamos o e-book gratuito “Escola que Sente”, que mostra como a educação socioemocional pode contribuir para o desenvolvimento das crianças e dos adolescentes. Baixe e saiba mais!

E você também pode levar o LIV para a escola dos seus filhos! Clique aqui e descubra como!

***

Veja também:

***

O LIV – Laboratório Inteligência de Vida é o programa de educação socioemocional presente em escolas de todo o Brasil, criando espaços de fala e escuta para ampliar a compreensão de si, do outro e do mundo.

 

Assine nossa news

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.